Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 991 - Centro - Nova Andradina / MS

(67) 99978-0911 / (67) 3441-9319

ampliar

O lançamento mais aguardado de 2023 pela Chevrolet, a Nova Montana, estreia nas concessionárias Chevrolet a partir de fevereiro. Ela chega em fevereiro de 2023. Terá motor 1.2 turbo de 133 cavalos e cambio manual e automático de 6 marchas. Preço: R$ 134.490 na LTZ e R$ 140.000 na PREMIER. Inédita caçamba Multi-Flex reforça propósito de picape inteligente.

A Nova Montana também se destaca em design, espaço interno, segurança, conectividade e performance. As proporções da carroceria da picape da Chevrolet são semelhantes às concorrentes Fiat Toro e Renault Oroch: 4,72 metros de comprimento e cerca de 1,8 metro de largura.

A inédita caçamba Multi-Flex é um diferencial importante do produto e foi projetada para funcionar como um porta-malas gigante (874 litros). Traz um sistema avançado de vedação da cobertura que oferece a melhor proteção contra água do segmento. A caçamba conta ainda com uma extensa linha de acessórios customizados, que permitem centenas de soluções para o transporte de carga, numa combinação que nenhum outro veículo do mercado oferece.

Em relação ao visual, a Nova Montana caracteriza-se por formas que valorizam a força da picape. A frente é caracterizada pelo conjunto ótico bipartido em LED, em sintonia com a mais recente linguagem global de design da Chevrolet. A lateral é marcada pela silhueta típica de utilitários, porém conta com linha de cintura elevada e molduras contornando toda a base do veículo, que fazem ele parecer ainda mais alto. Na traseira, uma barra em preto brilhante conecta as lanternas e agrega requinte ao conjunto.

Já a posição mais elevada de guiar, o ambiente tecnológico da cabine e os acabamentos com materiais premium remetem aos SUVs. Esta sensação é reforçada pelo baixo nível de ruído a bordo, pelo rodar bastante confortável e pela excelente estabilidade do veículo, seja ele vazio ou carregado.

A Nova Montana é igualmente surpreendente na pista, com a melhor relação entre aceleração e consumo de combustível do segmento. A picape da Chevrolet é equipada com motor 1.2 Turbo Flex com até 133 cavalos de potência e 21,4 kgfm (210 Nm) de torque. O propulsor traz calibração exclusiva, em sintonia com a proposta multiuso do veículo. Este mesmo trabalho de customização foi feito nos demais sistemas mecânicos, como transmissão, direção e suspensão. Até pneus foram especialmente desenvolvidos para o modelo.

A oferta de equipamentos para a Nova Montana é abrangente e inclui: seis airbags, alerta de ponto cego, faróis Full LED com regulagem de altura e acendimento automático, ar-condicionado digital, sensor de estacionamento com câmera de ré, chave inteligente com partida por botão, tampa da caçamba com alívio de peso na descida, carregador de smartphone sem fio, Wi-Fi nativo, sistema OnStar e aplicativo para comandar funções do carro remotamente.

Tudo isso para que a Nova Montana seja verdadeiramente o “SUV que você precisa, na picape que você sonhava”, tanto do ponto de vista prático como dinâmico.

A Chevrolet está iniciando a pré-venda das versões LTZ e Premier, as mais sofisticadas da gama. O lote inaugural virá equipado com um acessório de caçamba criado para o veículo: as exclusivas divisórias Multi-Board. Elas permitem uma acomodação e distribuição muito mais inteligente da carga.

A Nova Montana é um projeto desenvolvido em parceria com os centros tecnológicos da GM na America do Sul, América do Norte e Ásia. Chega como o maior integrante da família de veículos global da Chevrolet, já composta pelas atuais gerações de Onix, Onix Plus e Tracker – todos referência em seus respectivos segmentos.

Design inteligente para melhor aproveitamento de espaço

A Nova Montana é o primeiro modelo de produção local escolhido para estrear a nova identidade de design global da Chevrolet, que se caracteriza pelo conjunto ótico bipartido na dianteira.

Por isso a picape traz a luz de posição (DRL) na parte superior. Seu aspecto iluminado harmoniza com os vincos do capô e com a grade. Já o farol principal e o pisca compõem uma peça independente de formato trapezoidal e com bordas arredondadas para dar um toque de esportividade. Enquanto o para-choque traz um aplique central na base para proporcionar mais imponência ao veículo.

Na versão Premier os acabamentos de rodas e frisos são escurecidos; na versão LTZ eles são predominantemente cromados, conferindo uma identidade própria para cada uma delas.

A lateral da Nova Montana começa chamando a atenção pelas linhas características de sua carroceria e pelo equilíbrio das proporções entre compartimento do motor, cabine e caçamba. Além de melhor aparência, essas superfícies desenvolvidas com auxílio de supercomputadores entregam ainda benefícios aerodinâmicos.

Ao mesmo tempo que o consumidor deseja uma picape mais espaçosa para a família, ele se preocupa também com as dimensões do veículo, principalmente pelo tamanho das vagas de estacionamento disponíveis em grandes centros urbanos. O uso de materiais mais leves e resistentes para a carroceria dispensam a necessidade de um motor grande para empurrar o veículo. Isso permitiu aumentar a área destinada à cabine e garantir amplo volume para carga.

O resultado é fantástico, e a Nova Montana estreia com o melhor aproveitamento de espaço interno do segmento. São pelo menos 20 milímetros a mais para o joelho do passageiro traseiro em relação a concorrência, enquanto o espaço de cabeça é mais um exemplo de superioridade. A ergonomia é outro destaque deste projeto, que se traduz na melhor acomodação dos até cinco ocupantes.

A picape da Chevrolet possui molduras que contornam toda a base do veículo, incluindo para-choques, paralamas e portas. Por serem confeccionadas com um material de cor e textura contrastante em relação à lataria, fazem o carro parecer ainda mais alto em relação ao solo. As rodas de 17 polegadas, a linha de cintura elevada e o rack de teto reforçam este aspecto aventureiro.

A traseira é marcada por elementos que remetem à robustez, sem deixar de lado o requinte e a funcionalidade. O principal diferencial estético do veículo está na barra com acabamento em preto brilhante que faz a conexão entre as lanternas, formando um elemento único. Ênfase também para a logomarca “Chevrolet” estampada em baixo relevo na tampa da caçamba, que tem no topo uma espécie de aerofólio integrado. A tampa conta com abertura por botão elétrico e alívio de peso na descida. Já o para-choque foi projetado para facilitar o acesso à caçamba.

Para quem gosta de personalização, há uma gama de acessórios para a parte externa do veículo, como estribos laterais, extensor do para-choque frontal, diferentes tipos de Santo Antonio e faróis de neblina dianteiro em LED.

Se a carroceria reforça o lado imponente da picape, a cabine da Nova Montana remete a de um SUV. Muito por conta do acabamento sofisticado e da ambientação mais tecnológica do que o segmento costuma oferecer.

A central multimídia está ganhando cada vez mais relevância nos automóveis, e o item recebeu atenção especial dos designers. Tanto que a Nova Montava estreia com o conceito de tela do MyLink totalmente integrada ao quadro de instrumentos, assim como nos modelos mais recentes da marca. O multimídia está na parte superior do painel e seu visor de 8 polegadas, por ficar na posição horizontal, facilita a leitura principalmente de mapas de navegação e reduz a possibilidade de distração ao volante.

O MyLink da Nova Montana, aliás, é um dos mais avançados do mercado e oferece Wi-Fi com sinal de internet até 12 vezes mais estável e sistema de telemática avançada OnStar integrados. Projeção sem fio para Android Auto e Apple Car Play também fazem parte do pacote de conectividade, que ainda oferece atualização remota de sistemas eletrônicos do veículo, aplicativo myChevrolet para comandar funções do carro à distância e carregador de smartphone por indução magnética.

A Nova Montana chega como a primeira picape equipada com Wi-Fi e OnStar de série em todas as versões.

Outro destaque do interior do veículo é a riqueza de detalhes que vai desde a seleção dos materiais até a combinação de cores e texturas. Ao todo, são mais de 50 padrões de acabamento, que variam conforme a função e aplicação do componente. Nas versões Premier, por exemplo, elementos do painel, bancos, portas e console trazem revestimentos premium.

A sensação de que você está ao volante de um verdadeiro SUV é evidenciada pelos bancos confortáveis e pela posição mais elevada de guiar, muito valorizada hoje em dia por proporcionar melhor visibilidade do trânsito e ajudar a reduzir o cansaço em longas viagens. Outros elementos reforçam essa percepção, entre eles o baixo índice de ruído e vibração a bordo. Já variados ajustes para o cinto de segurança, volante, assento e encosto garantem uma perfeita ergonomia para o condutor.

O consumidor tem a possibilidade de personalizar a cabine da Nova Montana com diversos acessórios, como a soleira iluminadas de portas. Para quem busca maior potência sonora para o sistema de áudio, é possível instalar um subwoofer da marca JBL especialmente dimensionado à acústica do veículo.

Robustez de picape e caçamba Multi-Flex

A Nova Montana é um veículo de conceito inovador porque une o conforto e a dirigibilidade de um SUV com a versatilidade e robustez de uma verdadeira picape. Este foi o foco dos projetistas desde o início, quando o time de pesquisa de mercado identificou esta característica como uma tendência, que acabou ganhando força com os recentes fenômenos globais.

Além disso, a GM sempre foi referência no desenvolvimento de automóveis. Atualmente, a empresa se destaca pelo amplo uso de ferramentas avançadas de engenharia, como supercomputadores e software de inteligência artificial para criar veículos disruptivos. O desenvolvimento virtual permite reduzir o tempo de gestação de um veículo quase pela metade, agregando ainda ganhos de qualidade, segurança e eficiência. Outra vantagem é a infinidade de simulações e aperfeiçoamentos que é possível realizar ao longo do projeto.

Para isso, a empresa possui um centro de processamento de dados com área equivalente a 20 campos de futebol. Cada peça da Nova Montana foi trabalhada virtualmente até o máximo grau de otimização. Ferramentas virtuais também ajudaram a reduzir os custos totais de desenvolvimento do veículo. Isso permitiu a inclusão de muito mais tecnologias no modelo sem necessariamente posicioná-lo num degrau de preço superior.

Na GM, o principal atributo estrutural de uma picape está na sua robustez e durabilidade, até porque este é o tipo de veículo que costuma enfrentar condições mais diversas de utilização, seja em relação ao peso transportado ou às condições de pavimentos em que transita. E a Nova Montana entrega um excelente rendimento nas mais variadas situações, vazia ou carregada – tanto que a capacidade máxima de carga chega a ser quase a metade do próprio peso do veículo.

O curioso é que o consumidor de picapes médio-compactas está mais interessado nos objetos que ela consegue devidamente acomodar na caçamba do que necessariamente na capacidade de peso total, que quase nunca chega a ser utilizada.

Por isso a relação entre comprimento, altura e largura do compartimento de carga da Nova Montana considera os itens que as pessoas mais costumam transportar, seja para viagens em família, atividades do trabalho ou aquelas habituais do dia a dia.

A questão é que além de objetos mais volumosos, como um móvel, um carrinho de bebê ou uma bicicleta, o consumidor costuma levar também itens menores, como compras de supermercado, malas ou caixas de ferramentas. Para atender perfeitamente estas duas situações, a Chevrolet está lançando com a Nova Montana a caçamba inteligente Multi-Flex além de uma ampla linha de acessórios. Ao todo são mais de 20 itens para otimizar o transporte de carga.

Um dos acessórios mais interessantes são as divisórias Multi-Board. Ele é composto por quatro peças. Dois trilhos que vão fixados no porta-objetos lateral da caçamba, uma grande prateleira e uma prancha, que podem ser encaixados em seis posições diferentes. Com a prateleira e a prancha na horizontal quase à meia altura, cria-se uma caçamba de dois andares. Como a prateleira tem como ser posicionada logo na entrada da caçamba e possui diversos compartimentos, dá para acomodar facilmente ali objetos menores, para que eles não viagem soltos. Ganchos na parte inferior permitem ainda pendurar sacolas e mochilas.

Outra configuração interessante das divisórias Multi-Board é quando a prancha forma uma espécie de parede, dividindo a caçamba em dois compartimentos, um fechado, que funciona como área segura independente do uso de capota marítima, e outro aberto. Útil para quem precisa separar diferentes tipos de carga ou quer limitar a área útil para facilitar o embarque e desembarque de cargas menos volumosas.

Uma das maiores queixas dos donos de picape no uso urbano é quanto a intrusão de água na caçamba em dias de chuva. Para a Nova Montana foi desenvolvido um sistema inovador de vedação da capota marítima. Esta solução foi pensada para os consumidores que pretendem utilizar a caçamba como um porta-malas gigante ou para aqueles que desejam maior nível de proteção no transporte de objetos. Há opção também de uma capota rígida de acionamento elétrico por controle remoto.

A Nova Montana é um produto de elevada resistência e segue requisitos internacionais de proteção a ocupantes e pedestres. Tanto que virá de série com seis airbags, para-choque e capô projetados até para amortecer impactos em caso de um possível atropelamento e freios ABS com distribuição da força de frenagem e assistência de frenagem de urgência. Completam a lista controle eletrônico avançado de tração e estabilidade, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e resposta automática de acidentes para o Centro de Atendimento OnStar.

Já o alerta de ponto cego e os faróis Full LED com maior poder de iluminação, por exemplo, são exclusividades da versão de luxo Premier.

Mecânica customizada e dirigibilidade de SUV

O segmento de picapes cresceu quase 50% em participação de mercado na última década no Brasil. Uma das razões deve-se ao fato deste tipo de veículo ter evoluído principalmente em comodidade e sofisticação. A Nova Montana chega para elevar ainda mais esse patamar e foi pensada para agradar igualmente ao público feminino. Afinal, as mulheres são grandes apreciadoras de automóveis versáteis, bem-acabados e agradáveis de dirigir.

A Nova Montana é o mais recente integrante da família de veículos globais da Chevrolet, já composta por Onix, Onix Plus e Tracker. Todos referência em seus respectivos segmentos e campeões de vendas na América do Sul. Eles têm carroceria, dimensões e acerto dinâmico distintos para atender às diferentes necessidades dos consumidores.

O Onix e Onix Plus têm plataforma de mesma largura. Mas enquanto o hatch traz acerto de suspensão e direção mais esportivo, o sedã caracteriza-se pelo maior espaço para o banco traseiro e porta-malas.

O Tracker e a Nova Montana compõem uma outra dupla, por compartilharem uma plataforma mais larga e sofisticada. Apesar de apresentarem um comportamento dinâmico e uma performance muito semelhante, diferem bastante em estilo, comprimento e na calibração.

A picape costuma ter uma maior variação de condições de uso e muitas vezes reforços estruturais são necessários. No caso da Nova Montana, customizamos toda a mecânica para que o veículo tivesse o maior conforto e a melhor dirigibilidade da categoria, vazia ou carregada.

Algumas dessas inovações da Nova Montana estão na suspensão traseira, que traz um sistema de duplo batente de rigidez variável. Ela ajuda a manter o veículo sempre estável e confortável, independentemente se ele está transitando com carga mínima ou máxima. Surpreendente também é o comportamento da picape da Chevrolet em curvas, com resposta precisa da direção, com baixa rolagem e inclinação da carroceria, o que facilita o controle e traz maior sensação de confiança ao volante.

A tecnologia inovadora de suspensão e a distribuição mais equilibrada do peso do veículo sobre os eixos permitem outro benefício interessante para o consumidor. Os ocupantes não sentem a traseira quicar demasiadamente em pisos irregulares, como acontece em picapes que rodam com a caçamba vazia. Por isso que, na Nova Montana, a sensação é de estar a bordo de um SUV de verdade, pelo mesmo nível de conforto e dirigibilidade.

O nível de customização do acerto da Nova Montana foi tanto que até pneus personalizados foram desenvolvidos para o produto, com composição e estrutura específicas.

Já o sistema de freios da Nova Montana foi reforçado para ser um dos mais eficientes da categoria e conta com diversos recursos tecnológicos:

Assistente de frenagem para situações de perda de eficiência por aquecimento. A picape é capaz de identificar potenciais situações de perda de eficiência de frenagem por aquecimento do sistema, como geralmente acontece em descidas de serra, quando a frequência e a intensidade de uso do equipamento são mais intensas. Neste caso, o veículo aumenta automaticamente a pressão do conjunto hidráulico para que o motorista não precise elevar demasiadamente a força de aplicação no pedal para realizar as frenagens.
Mais um mecanismo interessante refere-se à atuação do sistema de freio em curvas. O veículo analisa constantemente a velocidade, a aceleração lateral e o ângulo de esterçamento do volante para otimizar a distribuição da força de frenagem em cada roda, aumentando a estabilidade e melhorando a dirigibilidade do carro inclusive em condições cotidianas de uso, antes de situações consideradas extremas, quando existe a necessidade de intervenção do sistema eletrônico de estabilidade.
O veículo conta ainda com recurso que ajuda a manter a trajetória em frenagens em linha reta, podendo aplicar uma força específica em cada roda, compensando variações comuns de aderência da pista ou da distribuição irregular do peso de carga, por exemplo.
A Nova Montana vem equipada com motor 1.2 Turbo Flex com 133 cavalos de potência e 21,4 kgfm (210 Nm) de torque, com uma calibração customizada para melhor performance considerando a proposta do veículo. Uma das características desse propulsor é que ele trabalha numa faixa de rotação mais baixa, o que contribui para um maior silêncio a bordo e redução das emissões.

Traz o que há de mais atual em termos tecnológicos no segmento, como bloco de alumínio, cabeçote com duplo comando variável de válvulas, coletor de escape integrado, bomba de óleo de duplo estágio de pressão variável, além de diversas outras tecnologias:

Correia dentada imersa em óleo de funcionamento mais silencioso que o sistema de correntes usado pela concorrência e igualmente livre de manutenção até 240 mil km;
Otimização do virabrequim para que os pistões fiquem deslocados do centro dos cilindros para menor atrito da movimentação dos pistões.
Outro segredo do excelente desempenho da Nova Montana está no sistema avançado de gerenciamento eletrônico, com uma central que permite até 3 vezes mais variáveis de calibração que picapes de geração anterior. Tudo isso potencializa os resultados tanto na configuração manual como na automática, sempre de seis marchas.

Até por isso a Nova Montana tem uma relação entre aceleração e consumo de combustível superior à média do segmento, de acordo com projeções da GM.

Neste contexto, a futura representante da Chevrolet chega, entre as picapes automáticas, como a campeã em economia. O veículo percorre na estrada, com gasolina, 13,3 km/l e, na cidade, 11,1 km/l. Com etanol os números são: 9,3 km/l e 7,7 km/l, respectivamente.

Já quem optar pela versão com transmissão manual, irá encontrar na Nova Montana os melhores resultados da categoria na medição de aceleração de 0 a 100 km/h. Mais detalhes sobre esta versão e a data de chegada dela ao mercado serão compartilhados futuramente.

Tendo em vista que parte dos clientes da Nova Montana serão frotistas, onde o baixo custo de manutenção é um quesito relevante, a Chevrolet desenvolveu um produto pensado para ser referência neste aspecto também.

Posicionamento e principais tecnologias

A Chevrolet tem uma longa tradição em picapes e está preparando uma grande investida neste segmento. A estratégia é ter o mais completo e atualizado portfólio de produtos, com modelos de tamanho e proposta complementares.

Além da Nova Montana, que estreia em fevereiro, a marca terá outras novidades na sequência, como uma versão especial da S10 e o lançamento da Silverado, que vai ocupar o posto de picape de grande porte mais sofisticada do mercado. Tanto que 2023 será o ano das picapes na Chevrolet.

Com estes três produtos, a marca terá a partir do ano que vem representantes com volume nas três mais importantes categorias de picape. Atualmente o segmento como um todo representa aproximadamente 20% das vendas gerais de automóveis e comerciais leves, ante 15% há dez anos.

A Nova Montana é o modelo de acesso deste portfólio de utilitários e a base desta estratégia. Será produzida na recém-atualizada fábrica da GM em São Caetano do Sul (SP) também para exportação.

A relação completa dos equipamentos e as especificações técnicas de cada versão serão divulgadas mais próximo da chegada do produto às concessionárias Chevrolet em todo país.

Confira as principais tecnologias e acessórios disponíveis para a Nova Montana:

Segurança

Airbags frontais, laterais e de cortina
Alerta de frenagem de emergência
Alerta de ponto cego
Controle eletrônico avançado de estabilidade e tração
Faróis dianteiros Full LED com regulagem de altura
Freios com ABS, sistema de distribuição de frenagem e assistência de frenagem de urgência
Ganchos de ancoragem para cadeiras de crianças no padrão Isofix e Top Tether
Kit para transporte de PET
Sistema OnStar com resposta automática em caso de acidente, botão de emergência e assistência na recuperação veicular
Aparência

Santo Antônio
Estribo lateral
Extensor do para-choque dianteiro
Rack de teto
Emblema Chevrolet na tampa traseira em alto relevo
Farol de neblina em LED
Roda de alumínio aro 17
Soleiras de portas iluminadas
Acabamento premium para bancos e painel
Comodidade

Assistente de partida em aclive
Acendimento automático dos faróis com sensor crepuscular
Chave inteligente com sensor de aproximação e partida do motor por botão
Coluna de direção com regulagem em altura e profundidade
Computador de bordo com informações do veículo, incluindo monitoramento de pressão dos pneus e indicador da vida últil do óleo
Controlador de limite de velocidade
Direção elétrica progressiva
Sensor de estacionamento traseiro com câmera de ré
Sistema de áudio com quatro alto-falantes e subwoofer JBL
Conectividade

Aplicativo myChevrolet para comandar funções do veículo remotamente
Atualização remota de sistemas eletrônicos do veículo
Multimídia MyLink com tela de 8", função áudio streaming e Bluetooth para até 2 smartphones simultaneamente
Android Auto e Apple CarPlay com projeção sem o uso de cabo
WiFi nativo com sinal até 12 vezes mais estável e possibilidade de parear até 7 dispositivos simultaneamente
Entradas USB tipo A e C
Caçamba Multi-Flex

Tampa traseira com abertura por botão elétrico e alívio de peso na descida
Divisórias Multi-Board
Bandeja, bolsa e caixa organizadora
Porta-objetos nas laterais
Capota marítima de lona com sistema inovador de vedação
Capota marítima rígida elétrica
Entrada USB tipo A e C e de 12V
Extensor de caçamba para o transporte de moto, por exemplo
Rede porta-objetos
Tapete de bandeja fixo ou tipo gaveta
Iluminação em ambos os lados
Oito ganchos para amarração da carga
Protetor de caçamba

 

 

Mais fotos

Clique na foto para ampliar